Começando do começo.

Meu nome é Pedro, tenho 27 anos e o que me faz mais feliz é viajar.

A ideia de criar esse blog surgiu na minha primeira viagem de avião. O ano era 2008 e o destino era a cidade espanhola de Santiago de Compostela. Foi lá que vivi durante o ano mais marcante da minha vida, onde tive contato com as primeiras pessoas-fantásticas-e-não-brasileiras e quando descobri que havia sido picado pelo mosquitinho das viagens

De lá para cá, alguns anos passaram e, com eles, alguns destinos se acumulam na memória e no passaporte. Mais precisamente 17 países – Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, Camboja, Croácia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Itália, Portugal, Tailândia, Turquia, Vietnã – algumas dezenas de cidades e muitos momentos felizes (alô Odair José!).

Também sinto um certo incômodo de apenas “sugar” da comunidade blogueira – que me ajudou muito quando precisei – e não contribuir em nada para os futuros viajantes. Portanto esse blog também serve como um mea culpa.

Passado é passado e agora é bola pra frente.

Uma das grandes coisas que me impediam de criar este blog era uma eterna indecisão sobre o que fazer quanto aos destinos que já visitei. “Como que eu vou fazer para relembrar tudo que vivi?” ou “O que tenho para acrescentar sobre aquela ilha incrível na Croácia ou aquela balada fodona em Berlim?” eram perguntas que sempre me fiz. Até que me decidi por ignorar este fato e ponto final.

Não sei ao certo como (ou se) irei escrever algo sobre esses países que já visitei. Minha memória não é das melhores e, convenhamos, grande parte dos países que listei acima são “fáceis” de visitar e as dicas estão aí e aos montes. Basta só dar uma rápida googlada. 🙂

Talvez a exceção seja a minha primeira viagem à Ásia, já que ela aconteceu em novembro de 2013. Ainda lembro de muita coisa, portanto vai dar para falar algo sobre esses países e como me planejei para passar 1 mês no Sudeste Asiático. Além de serem os destinos mais “exóticos” afinal, cruzar a fronteira de Aranyaprathet, na Tailândia para Poipet, no Camboja é mais complicado do que ir da Holanda para Bélgica, por exemplo. Portanto, isso irá acontecer pouco a pouco.

E agora? Qual será o próximo destino?

Isso é uma coisa bem difícil de decidir mas, por hora, estou planejando a maior das minhas aventuras: 4 a 6 meses mochilando, na companhia do meu namorado, lá no Oriente. Provavelmente os países serão: Índia, Nepal, Tailândia, Laos, Vietnã, Filipinas e Indonésia. Talvez China e talvez uma paradinha por alguns dias na África do Sul na ida e/ou volta para a Ásia. Deste modo, grande parte dos textos será sobre como está sendo o planejamento desse sonho.

Portanto, é isso. O primeiro passo foi dado, vamos ver até onde isso vai chegar.

Espero contar com a sua companhia! 🙂